Artigos

Astrologia Esotérica – Interpretação da Obra de Johfra – Gêmeos

ASTROLOGIA ESOTÉRICA – GÊMEOS
Gêmeos e o mistério da dualidade são uma magnífica e mesma coisa. Os pares de opostos (branco e negro, mortal e imortal, etc) se dividem e se separam pela primeira vez; ao iniciar em Áries, logo se intensificando em Touro, as forças se dividem agora pela primeira vezes no zodíaco. As famosas colunas que guardam as portas de entrada dos templos, JAKIN e BOHAZ, os pilares de Hermes, sem dúvida alguma pertencem a estes mistérios. Assim forma-se a Lei do Triângulo, de maneira que este processo voltará de qualquer maneira a incidir sobre o cérebro, no que se relaciona à regência do intelecto e das funções cerebrais em geral.
Os pares de opostos no fundo regem tudo, são o conúbio da força criadora-destrutora da Natureza, do nascimento-morte que se manifesta em toda Criação.
Tal diferença tão marcante faz os geminianos possuidores de uma dupla personalidade, desconcertantes e absolutamente opostas uma da outra. Nos brasões e demais símbolos aparecem as águias (e outros animais) de dupla cabeça; são representantes destes mistérios: tese e antítese, amor e ódio, paz e guerra, nascimento e morte, etc.
MERCÚRIO dá a estes nativos, grande lucidez mental, facilidade de expressão, e são muito diligentes em todas as coisas. O planeta regente, ainda que comande a mente, dando inteligente clara é também símbolo da Energia Criadora Seminal, pelo qual esta lâmina é definitivamente sexual: nus, marido e mulher, ela indicando com usa mão direita à terra, mostrando possessão e necessidade de “baixar”; ele, com a esquerda, indica os céus, mostrando que, após o processo de baixar, há que se ascender, subir; e os dois, com as demais mãos sustentam o Caduceu de Mercúrio, vara sobre a qual se elevam duas Serpentes Aladas de Luz, com as cores alquímicas AZUL e VERMELHO.
Um espelho reflete um figura, se reduzirmos o todo (a multiplicidade) à unidade primordial, regressaremos ao óvulo e ao espermatozoide, às Águas da Vida, das quais somos seu reflexo; eis seu mistério.
No primeiro plano, à nossa esquerda, encontramos o UNICÓRNIO; além de simbolizar a Espada, ou a Palavra de Deus, é o símbolo antiquíssimo da Castidade Cientifica. Normalmente se desenha um cavalo de alva cor, porém uma ou outra forma, a forma simbolizada pelos gnósticos, vai mostrá-lo com corpo branco, cabeça vermelha e olhos azuis (Quem tiver entendimento, que entenda, pois aqui há sabedoria). É o Unicórnio a representação da pura e penetrante força vital, viril, o “SPIRITUS MERCURIALIS”. Mas, mesmo a ambivalência geminiana o mostrará como o símbolo do “MONSTRUM HERMAPHRODITUM”; este símbolo é posto na lâmina com grande sabedoria por JOHFRA, de tal maneira que diga muito.
N. do E.: Bem, além disso, o leão e o unicórnio também representam a duplicidade de Gêmeos na antiga Índia, que aparecem como guardiões dos portões da Cidade Sagrada. Notamos que Johfra simbolizou Gêmeos em diversas culturas e mitologias diferentes em seu quadro. Fonte: “Hein Steehouwer – Simbolismo del Zodíaco de Johfra”
O Leão da Lei é bem conhecido pelos gnósticos, porém não o é muito o CINOCÉFALO, o “símio com cabeça de cão”: este representa, como se afirma na obra “PEDRA FUNDA MENTAL VIVA”, os extratos contidos no interior da terra, as 49 regiões do subconsciente, e a sabedoria da qual se extrai delas. Por isso é um macaco sábio que mede a Terra com o compasso maçônico.
N. do E.:  O CINOCÉFALO, do grego kunoképhalos: “que tem cabeça ou face de cão”, é uma representação mitológica, porém não é tão simples entender isso se seguirmos por esse caminho. Vamos nos guiar pelo “macaco que mede o mundo”; Na mitologia egípcia temos Thoth, Deus do Conhecimento e da Sabedoria, que normalmente é representado por um humano com cabeça de íbis (um pássaro). Porém este deus possui outras diversas representações e uma delas é um macaco, e não é qualquer macaco, é um babuíno, com cabeça de cachorro. Daí temos o tal CINOCÉFALO, pois Thoth também é representado como um homem com cabeça de cachorro. Thoth quase sempre é representado escrevendo algo, tomando notas, como na imagem ao lado.
Fontes: “Hein Steehouwer – SIMBOLISMO DEL ZODÍACO DE JOHFRA”; entre outras.
Sobre a coluna da esquerda, rematada pelo Sol, aparece o Louco do Tarô, com os atributos do alquimista perfeito; na outra coluna, à direita da esposa sacerdotisa, a Temperança mescla os elixires sexuais, além de ter em seu peito o emblema da LEI DO TRIÂNGULO.
N. do E.: As cores dos cálices, um é solar e outro é lunar e a lua recebe as águas do sol.
Os dois Dragões Alados de Sabedoria, com as cores alquímicas das serpentes do caduceu, entrelaçam-se formando o Sacro Oito com seus pescoços, enquanto contrapõe suas cabeças (atração e repulsão, duas leis fundamentais cósmicas de toda a Criação); estes Dragões que formam o emblema da Santa Igreja Gnóstica são uma oitava superior das duas serpentes; e, noutra oitava além, haverá a manifestação da Águia de duas cabeças que, com suas asas estendidas protege o Divino ANDRÓGINO formado pelos casais que praticam a Alquimia Sexual. Este divinal Querubim leva o símbolo universal que está representando a Venerável Loja Maçônica; mas é tão antigo que os milenares chineses e nossos antepassados indígenas o conheceram: esse duplo símbolo são o esquadro (a quadratura) e o compasso (o círculo). A quadratura do círculo se resolve no homem e na mulher, unidos em alquímica posição tântrica, quando praticam sabiamente o Arcano e levantam o Templo do Deus Vivo em si mesmos. A Sabedoria do “raio egípcio” resolveu formidavelmente tal problema nas PIRÂMIDES (Pira = Fogo; Mide = medida; PIRA+MIDE=medida do fogo).
Aproveitamos o momento para render honra a um de nossos heróis mais admirados: O V.M. IMHOTEP, ou o ESCULÁPIO dos egípcios, Mestre em Medicina e Construtor das Pirâmides, foi ele quem deixou os cânones para posteriores construções, como aquelas levadas a cabo no Antigo Império pelo faraó SENEPHERUS, pai e Mestre de KHEOPS. IMHOTEP, o muito Venerável e Adorável ser, Imortal e Iluminado, supera abismalmente aos mais elevados engenheiros da atualidade, contando somente com o conhecimento puramente matemático.
Gêmeos, a dualidade, mostra dois quadrados configurando uma estrela de oito pontas. PI (3,1416) resolve a quadratura do círculo; PI duplicado (PI-PI) nos leva iniludivelmente aos mistérios do Sexo.
O elemento dos geminianos é o AR; suas cores são o ALARANJADO e o AMARELO dourado (brilhante); RAFAEL é o seu Regente e MERCÚRIO o seu planeta, de maneira que, com esses elementos combinados em sábia meditação, pode ajudar ao nativo do signo em questão para a autorrealização.
N. do E.: Temos também a dualidade expressa em diferentes culturas, mitologias e crenças. Como o lado negativo ou feminino temos a mulher, a coluna azul Boaz, o Unicórnio, o Dragão Azul, e, acima da coluna, a Lua e o Cálice. Como o lado positivo ou masculino temos o homem, a coluna vermelha Jakin, o Leão, o Dragão Vermelho e, acima da coluna, o Sol e o galho com folhas. A Lua e o Sol são símbolos bem conhecidos e o cálice, símbolo do útero, e o galho, símbolo do falo, também. Além disso, nota-se que todas as figuras neste quadro estão nas nuvens e sustentadas por elas.
N. do E.: Além do que já foi esclarecido, sabemos que o símbolo pi que foi citado é também o símbolo de Gêmeos, note que todos os quadros tem o símbolo do signo naquela mesma região, inferior central. O Caduceu de Hermes é o próprio símbolo dele, que é Mercúrio (na Mitologia Romana). Bem, na parte superior, da esquerda para a direita do quadro, temos o selo mágico de Mercúrio, o símbolo de Rafael (que é o próprio regente de Mercúrio) e o símbolo de Ophiel (que é o espirito olímpico de Mercúrio).
A seguir, embaixo dos dragões, temos o símbolo de Tiriel, espírito de Mercúrio a esquerda.
No caduceu temos vários símbolos que representam o Mercúrio Alquímico ou Mercúrio sublimado. O primeiro deles é próprio símbolo de Mercúrio, os dois últimos são símbolos do Mercúrio Sublimado.

DEFEITOS:
(somente alguns deles)
Charlatanice; monopólio nas conversações; divagação (e não-constância) na mente e nos atos; excesso de nervosismo, fácil irritabilidade; facilidade para cair como vítima da adulação.

GÊMEOS E O AMOR
A natureza dual do geminiano o faz um amante muito difícil, pois quem se enamorar dele, de pronto se encontrará frente a outra personalidade totalmente distinta da conquistada (e muito difícil voltar a sê-la).
Resulta também muito contrariante seu raciocínio excessivo, já que querem resolver tudo cerebralmente, e não com o coração. Talvez seja esta atitude que o desconcerte, a tal ponto que busca e necessita constantemente de muita compreensão e proteção; por isso necessita de muito amor, ainda que não o dê por igual; e sua necessidade é tal que pode ser facilmente enganado.
Necessita estar sempre acompanhado, ainda que de alguém que com quem não esteja totalmente satisfeito, a fim de sentir-se protegido.
Volúvel e cambiante, pode deixar de pronto um amor que parecia ser definitivo, como se nada jamais houvesse acontecido. Seu principal complemento é o mercuriano, pelo que estará satisfeito e será fiel, desde que ache afinidade de mentalidades. Como é demasiado volúvel e inquieto por dentro, por fora exige repouso, segurança e tranquilidade; assim, pois, uma pessoa que lhe dê essa pacifica e constante segurança, pode fazê-lo sentir-se feliz, especialmente se a pessoa escolhida souber lhe dar compreensão; mesmo assim, será volúvel várias vezes, e até infiel.

O HOMEM DE GÊMEOS
Sua dupla personalidade e caráter cambiante não o dão de forma alguma a característica de homem fiel; assim, martiriza sua esposa no matrimonio ou sua companheira; ainda assim, quando voltar à anterior personalidade, novamente jurará fidelidade e amor eterno, o que durará até que apareça de novo o outro “eu”, que inclusive desfruta não somente com seu caso, ou romance, senão também com os “preliminares”. No entanto, nesse dualismo, anseiam encontrar uma companheira perfeita. Sua arma de conquista, naturalmente, é sua intensa intelectualidade, pois Mercúrio lhe dá uma mente muito fecunda e capaz de grandes façanhas. Sua grande mobilidade o impede de ficar em um ponto de equilíbrio, não pode estar circunscrito, limitado nem impedido, e bem no fundo seu “outro eu” sempre o chamará e transbordante paixão. É hábil nos flertes, galanteios e adulações, com a agilidade da palavra; muito ciumento para com seu amor, devido ao machismo.
Seu sistema nervoso “tão móvel” necessita de uma companheira de matrimonio demasiado compreensiva, que não o exaspere, que lhe dê a sensação de segurança e firmeza, coisas que ele não tem; é tanta a necessidade disso que pode pedi-la com contrariedade. Pretende ser tratado como homem, porém se comporta como um jovem inseguro.

A MULHER DE GÊMEOS
Mercúrio dá o brilho intelectual, a vivacidade, a sensibilidade e o mistério que outorga também ao homem, fazendo da geminiana uma agradável companheira, porém má dona-de-casa. Agrada-lhe muito o racional, destacando-se em tudo o que se relaciona com a “papelada” e o uso da inteligência; seu critério é muito unilateral e totalmente racional, pelo que, como geralmente acontece, acaba em desavenças com o companheiro de matrimonio. Necessita controlar muito esse “eu” (defeito) de exclusividade e de independência, o que exige ao mesmo tempo uma elevada dose de compreensão de que é demasiado egoísta, no aspecto pessoal, ou seja, que exige sem dar. O volátil mercúrio filosofal, o “áureo azougue”, dá à feminina geminiana muita graça e discrição em seus movimentos, resultando, portanto, muito atrativa para o sexo oposto. Necessita amar bastante a seu marido para adaptar-se às necessidades do lar.
Como o varão, é inclinada a ir “à conquista”, porém, por ser regular, conserva sempre sua dignidade.
Definitivamente não pode estar só, de tal maneira que convém a ela buscar uma tarefa fora de seu lar, coisa que pode fazer sem se descuidar dele.

GÊMEOS E OS DEMAIS SIGNOS

COM ÁRIES: Signos muito volúveis. Necessitam de muita cautela na sua primeira fase, especialmente na adaptação de Gêmeos ao fogoso Áries. Os filhos e mesmo o matrimonio os obrigam a corrigir seus desvios, ou o fracasso será evidente; porém, ao final, tudo já se pode equilibrar.
COM TOURO: São muito diferentes; a Touro não lhe interessam as especulações geminianas, e a Gêmeos resulta difícil responder às necessidades “físicas” do taurino. Para harmonizar, Touro necessita abandonar sua lentidão, e Gêmeos, a sua rapidez; assim, Gêmeos pode aproveitar o aspecto concreto e realista de Touro e vice-versa, Touro agilizar-se e regozijar-se com a originalidade geminiana.
COM GEMEOS: Dois volúveis que dificilmente se complementam se cada um não estudar a si próprio, para entender o outro. Como são pouco apegados às circunstancias, posses, estatutos, etc., ambos podem empreender arriscadas empresas que possam alegrá-los como casal; vão se regozijar mais com a aventura e o sentido de humor que com a paixão em si mesma.
COM CÂNCER: O sentimental e inseguro Câncer, buscará proteção no instável Gêmeos, especialmente, se ele for mulher; porém dificilmente se sentirá satisfeita. Câncer, ávido de compreensão e carinho, achará o geminiano muito cerebral, frio, desapaixonado, o que o decepcionará; como ambos são volúveis, ainda que cada um a seu molde astrológico, se acharão em difíceis períodos que poderão resultar fatais.
COM LEÃO: Estas duas correntes astrológicas são muito afins. Leão pode liberar amplamente seu espírito protetor, ainda que possa sobrepassar e sufocar o pobre Gêmeos, com suas pretensões e exigências, Leão por usa parte se achará um pouco decepcionado por não achar ressonância no seu intenso afeto e paixão; tendo em conta a chave de mudarem a si mesmos e não ao outro, tudo poderá marchar às mil maravilhas.
COM VIRGEM: Mercúrio, aqui, governante de ambos os signos acentuará diferenças em cada um de seus governados: Virgem achará Gêmeos inflexível, demasiadamente meticuloso, perfeccionista em extremo; e este, por sua vez, verá o virginiano com um austero e seco aprisionador. Virgem não poderá suportar o instável Gêmeos e sua mobilidade.
COM LIBRA: Este é um dos casos interessante em que os opostos se conjugam, complementando-se para o mútuo benefício. Sabem sair da rotina e fazer do novo algo fecundo e decididamente criador. Libra será como um delicioso campo “antiestresse” (distensionador), e receberá de seu companheiro, grande dose de fantasia, o que lhe será útil.
COM ESCORPIÃO: O terrível Escorpião não quererá de maneira algum se entender com o volúvel geminiano e indisporá seu companheiro com sua inconsciente maneira de ser, precipitada e aguda. O que é mais descontrolado nessa possível união, é Gêmeos, que sairá perdendo.
COM CAPRICÓRNIO: Bons como esposos, para negócios, associações intelectuais, ou algo assim. Ambos podem formar um matrimonio que possa compensar debilidades e equilibrar qualidades; assim o disciplinado capricorniano dará solidez à brilhante mentalidade do geminiano. Gêmeos necessita moderar sua impaciência e Capricórnio precisa tornar-se flexível.
COM AQUÁRIO: Formam uma dupla decididamente extravagante ou, pelo menos, bastante original: compartilham com diversas afinidades, pois ambos os signos se dão muito bem às constantes mudanças, viagens, transformações, etc…
COM PEIXES: O sensível Peixes, necessitado de compreensão, vai se unir prazerosamente a Gêmeos, que se sentira atrapalhado em sua mobilidade, contraindo problemas, por isso, são signos bastante diferentes e de acoplamento difícil. Não se aconselha a formação de tal par, pois são signos duplos e distintos.

Extrato da Obra Astrologia Esotérica (Autor Desconhecido)

anterior                                                                                                                                                                                                                                                                próximo

4 respostas para "Astrologia Esotérica – Interpretação da Obra de Johfra – Gêmeos"

  1. Márcia Maria Raphael Enviado em 07/01/2016 às 13:43

    FALTOU COM SAGITÁRIO…. SERÁ QUE PODEM CORRIGIR?

  2. Irma Claudia de Souza Maia Enviado em 03/24/2017 às 09:57

    o que se faz de gêmeos com gêmeos e agora ?
    existe algo que possamos solucionar com harmonia ?

  3. Charla Enviado em 03/29/2017 às 08:43

    Belli e bravi come sem.mepDorani io e mia mamma andiamo in un negozio di musica a vedere se vendono i biglietti per il concerto di Verona dei 1D.Spero tanto che ci siano.Ciao ragazze e auguratemi buona fortuna (ne ho bisogno!)

  4. vilmar Enviado em 09/03/2017 às 09:26

    gêmeos com sagitário como fica?

Deixe uma resposta

*