Artigos

AUTO-OBSERVAÇÃO

AUTO-OBSERVAÇÃO
Pensar em mudanças sem saber por onde começar é extremamente absurdo.
Querer trabalhar sobre suposições ou “achismos”, outro erro.
E isso é muito comum nos dias de hoje. Se fala sobre mudanças, mas as pessoas não sabem por onde começar nem porque devem mudar.
Isso não é questão de moda ou de prática de grupo, senão que aprender a vermos a nós mesmos, sem tirar nem colocar e muito menos sem julgar. Apenas ver (nos observar).
Podemos nos observar aqui, no que fazemos, falamos, por exemplo. Mas podemos ir mais a fundo, nos auto-observando, ou seja, percebendo o que pensamos e também o que sentimos.
Mas o que é AUTO-OBSERVAÇÃO? Sua importância? Para que serve? O que dizer dela?
Seguem esses pontos:
1. Não podemos eliminar o que não conhecemos, senão vamos dar tiros no escuro.
2. É por onde tudo começa, é o ponto de apoio para qualquer mudança.
3. É um sentido que está atrofiado, o desenvolvemos com seu uso.
4. O Observador atualmente é o ego e nós o Observado. Temos que inverter isso.
5. Auto-observar nossos pensamentos, sentimentos.
6. Com ela colhemos o Material Didático para o nosso trabalho psicológico.

Samael Aun Weor

Enviado por Andrey Aguiar (Parvati Aromas – Medida da Vida)

Deixe uma resposta

*