Artigos

O Segredo para a Decapitação do Defeito Psicológico

O Segredo para a Decapitação do Defeito Psicológico

“Precisamos urgentemente de um poder flamígero superior à mente, de um poder que seja capaz por si mesmo de reduzir tal ou qual defeito psicológico à mera poeira cósmica.

Afortunadamente existe em nós esse poder serpentino, esse fogo maravilhoso que os velhos alquimistas medievais batizaram com o nome misterioso de Stella Maris, a Virgem do Mar, o Azoto da Ciência de Hermes, a Tonantzin do México Asteca, essa derivação de nosso próprio Ser íntimo, Deus Mãe em nosso interior simbolizado sempre com a serpente sagrada dos Grandes Mistérios.

Se depois de ter observado e compreendido profundamente tal ou qual defeito psicológico (tal ou qual Eu), suplicamos a nossa Mãe Cósmica particular, pois cada um de nós tem a sua própria, que desintegre, reduza a poeira cósmica, este ou aquele defeito, aquele Eu, motivo de nosso trabalho interior, podeis estar certo de que o mesmo perderá volume e lentamente irá pulverizando-se.

Tudo isto implica naturalmente sucessivos trabalhos de fundo, sempre contínuos, pois nenhum Eu, pode ser desintegrado jamais instantaneamente. Com o sentido de auto-observação íntima poderá ver o avanço progressivo do trabalho relacionado com a abominação que nos interesse verdadeiramente desintegrar.

Stella Maris, ainda que pareça incrível, é a assinatura astral da potência sexual humana.

Obviamente Stella Maris tem o poder efetivo para desintegrar as aberrações que em nosso interior psicológico carregamos.

A decapitação de João Batista é algo que nos convida à reflexão, não seria possível nenhuma mudança psicológica radical se antes não passássemos pela decapitação.

Nosso próprio ser derivado, Tonantzin, Stella Maris como potência elétrica desconhecida para a humanidade inteira e que encontra-se latente no fundo mesmo de nossa psique, ostensivelmente goza do poder que lhe permite decapitar qualquer Eu antes da desintegração final.

Stella Maris é esse fogo filosofal que encontra-se latente em toda matéria orgânica e inorgânica.

Os impulsos psicológicos podem provocar a ação intensiva de tal fogo e então a decapitação torna-se possível.

Alguns Eus costumam ser decapitados no começo do trabalho psicológico, outros no meio e os últimos no final. Stella Maris como potência ígnea sexual tem consciência plena do trabalho a realizar e realiza a decapitação no momento oportuno, no instante adequado.

Enquanto não tenhas produzido a desintegração de todas estas abominações psicológicas, de todas estas lascivas, de todas estas maldições, roubo, inveja, adultério secreto ou manifesto, ambição de dinheiro ou de poderes psíquicos, etc., embora nos acreditemos pessoas honradas, cumpridoras da palavra, sinceras, corteses, caridosas, belas no interior, etc., obviamente não passaremos de ser mais que sepulcros branqueados, belos por fora, mas por dentro cheios de asquerosa podridão”.

Tratado de Psicologia Revolucionária – Samael Aun Weor

Uma resposta para "O Segredo para a Decapitação do Defeito Psicológico"

  1. Maria Enviado em 11/21/2017 às 08:50

    Que maravilha de poder.
    Eu Sou Eu Sou Eu Sou.

Deixe uma resposta

*