Artigos

O homem à luz do Gênesis

Genesis

O homem à luz do Gênesis

Mistérios Alquímicos e processos das mais elevadas iniciações estão descritos de forma velada no Livro de Gênesis da Bíblia.

Por desconhecimento das preciosas chaves que permitem a compreensão de tais símbolos, a maioria dos leitores desses textos sagrados não consegue ver mais do que simples narrativas que, se interpretadas literalmente, tornam-se desconexas e vazias.

 

criação

Porém, se estudarmos o Gênesis do ponto de vista do esoterismo gnóstico, percebemos que ele não se refere apenas à criação macrocósmica e meramente física dos céus, da terra e de tudo mais que existe.

É possível ir além e encontrar em suas descrições referências concretas ao Microcosmo-Homem, assim nos explica o V.M. Samael Aun Weor.

Tais acontecimentos se dão com base na Corrente do Som ou Lei das Oitavas, que já foi explicada detalhadamente em outro artigo.

Nesta série de artigos que serão publicados sequencialmente no site Gnosis Brasil, traremos a explanação feita pelo Avatara de Aquário aos seus discípulos em uma de suas conferências, onde desvelou detalhes do significado oculto contido nas entrelinhas dos versículos bíblicos.

Raíla Maciel

 

 

A Bíblia começa com Gênesis e conclui com o Apocalipse. Quem entende o Genesis? Quem entende o Apocalipse? Ninguém”

“Ninguém poderia entender o Gênesis se não fosse Alquimista”

“No Apocalipse de São João está toda Ciência da Grande Obra”.

Venerável Mestre Samael Aun Weor.

 

A criação

No princípio Deus criou os céus e a terra” Genesis 1:1

Os céus são os estado de consciência dentro de nós mesmos, dentro do homem mesmo, em níveis superiores de Ser. Enquanto a terra é o corpo físico do Homem, a terra filosofal citada pelos alquimistas medievais, esclarece o Mestre.

A terra era sem forma e vazia e o espírito de Deus se movia sob a face das águas”. Genesis 1:2

“Está fazendo alusão aqui ao homem ignorante, simplesmente ao ‘bípede tricerebrado’ ou ‘tricentrado’, equivocadamente chamado ‘Homem’”,

V.M. Samael.

A terra desordenada e vazia representa o animal intelectual que tem sua Mente na mais completa desordem, um verdadeiro caos, que crê unicamente no que lhe informam os cinco sentidos, que vive no mundo das paixões animais, que nada sabe sobre o Real, sobre o Esotérico, que é absolutamente ignorante, que nunca recebeu um raio de luz que o ilumine.

É o homem comum e corrente, o homem vulgar da terra.

Está claro que uma pessoa nessas condições não pode se desenvolver internamente, para isso, necessita de um impulso, que relacionando com a Lei das Oitavas, o Mestre chama de: CHOQUE ESPECIAL.

O choque especial que atinge aquele que se encontra nas trevas da ignorância para que ele possa perceber seu estado e promover uma transformação é o Ensinamento, o Conhecimento.

É necessário que alguém leve até ele as ‘luzes do esoterismo’.

 

Origem

O Genesis diz que Deus criou a Luz dizendo: faça-se Luz e a Luz foi feita; e, separou então Deus a Luz das Trevas. Gênesis 1:3-4

A que treva se refere? Às trevas que estão dentro de nós mesmos, dentro desta terra filosófica. As trevas constituem os agregados psíquicos que personificam nossos defeitos de tipo psicológico: o ego.

Eles, em si mesmos, constituem as trevas que carregamos em nosso interior. Separar a luz das trevas é algo tremendo, porque essa luz é a Luz da Consciência Superlativa do Ser.

Arrancar as trevas, ou seja, desengarrafar a Consciência, extraí-la de dentro de cada agregado psíquico inumano, de fato, implica terríveis superesforços que se deve realizar aqui e agora.

E a Luz chamou dia; e as trevas, noite”. Gênesis 1:5

Uma resposta para "O homem à luz do Gênesis"

  1. Diego dinamon ramos freitas Enviado em 05/15/2018 às 20:55

    Como que me escrevo?

Deixe uma resposta

*