Artigos

Palavra de Poder

PALAVRA DE PODER

“No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus.
Tudo foi feito por ele; e nada do que tem sido feito, foi feito sem ele. Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens.»
 (João 1:1-4)

“Ao que Sabe a PalavraPoder. Ninguém a pronunciou, ninguém a pronunciará, senão aquele que a tem Encarnada” Samael Aun Weor

Onde quer que exista o movimento, existe o som. O ouvido humano só consegue perceber um limitado número de vibrações sonoras. Porém, por cima e por debaixo destas vibrações que o ouvido registra, existem múltiplas ondas sonoras que ninguém consegue perceber.

Os peixes do mar produzem seus sons peculiares. As formigas se comunicam por sons inaudíveis para nossa percepção física. As ondas sonoras, ao atuar sobre as águas, produzem movimentos de elevação e de pressão das águas. As ondas  sonoras, ao atuar sobre ar, produzem movimentos concêntricos…Os átomos, ao girar ao redor de seus centros nucleares, produzem certos sons imperceptíveis para o homem. O fogo, o ar, a água e a terra têm suas notas sonoras particulares.

A nota chave: os átomos de todo o organismo vivem em incessante movimento. E tudo o que está em movimento soa. Todo organismo possui o que chamamos de uma nota chave, que sustenta todas as células. Assim como os organismos, os mundos também possuem essa nota chave e o conjunto de todas essas notas tocadas em harmonia é como uma Orquestra maravilhosa, produz o que os pitagóricos chamaram de a música das esferas.

A afinidade vibratória: Existe também uma lei de afinidade vibratória entre essas notas. Como podemos perceber essa afinidade vibratória? Se se tocar a nota de um piano, e, perto, há outro piano, este último repetirá a mesma nota do primeiro. Isso se deve à lei de afinidade vibratória. No exército, se sabe que, quando um batalhão vai atravessar uma ponte, deve romper a marcha para não destruir, com seu ritmo sonoro, a estabilidade dessa ponte. Diz-se que, quando Josué tocou a trombeta, caíram os muros do Jericó. Pois, Josué tocou a Nota Chave desses muros. Se um músico, tocando um instrumento, desse a Nota Chave de um homem, e se prolongasse essa nota até o máximo, então, esse homem morreria instantaneamente. A Nota Síntese de todo movimento atômico do organismo humano poderia, por uma lei de afinidade vibratória, matar instantaneamente o ser humano, pois produziria uma comoção muito intensa fora da resistência do equilíbrio normal da estrutura do homem.

Com isso podemos perceber a influência do SOM em tudo o que existe. É muito importante que conheçamos a afinidade vibratória, pois a partir desta lei podemos produzir efeitos em nós mesmos, usando as ferramentas corretas para melhorar nossos estados internos. Podemos usar esse conhecimento a favor do nosso próprio avanço espiritual. Como? Através dos mantras.

 

OS MANTRAS

 De acordo com o VM Samael Aun Weor, Mantra significa Palavra de Poder. Assim, pois, um mantra é uma sábia combinação das letras cujos sons determinam efeitos espirituais anímicos e também físicos.

Os mantras e os chacras: existem no ser humano capacidades psíquicas ocultas conhecidas em linguagem esotérica como Chacras. A ciência esotérica nos permite conhecer por experiência direta a realidade destes discos ou rodas magnéticas contidos em nosso universo interior. Infelizmente, esses sentidos encontram-se atrofiados em nós, o que resultou na perda das capacidades de ver, ouvir e tocar as realidades dos mundos supra-sensíveis ou dimensões ocultas da natureza, onde estão contidas as verdades cósmicas e os mistérios mais extraordinários da criação divina.

A chave para despertar os chacras: devemos então despertar tais chakras para ter o desenvolver  nossas infinitas possibilidades latentes. Como faremos? Pela lei de afinidade vibratória. Da mesma maneira que ao fazer soar uma nota em um instrumento musical afinado com outro instrumento musical, observamos o ressoar naquele em que não tocamos a nota, apenas por afinidade vibracional, podemos vocalizar os sagrados mantras com o poder de nossa laringe criadora para fazer girar a roda ou chakra correspondente.

 As sete vogais:

Sete é o número mágico que organiza a orquestra da grande criação. Sete são os dias da semana, sete são as notas musicais, sete cores há no arco-íris, sete dimensões básicas há na criação e sete chakras principais tem o ser humano. Tais rodas magnéticas estão alinhadas com a coluna espinhal e possuem o assento físico em alguma glândula ou órgão de nosso corpo.

Para despertar esses chacras, recomenda-se a vocalização das SETE VOGAIS DA NATUREZA.

Elas são: I – E – O – U – A – M – S.

Concentre-se no entrecenho e vocalize o mantra I alongando (iiiiiiiiiiiii…) e com a insistência e perseverança daquele que jamais desiste de sua meta, pouco a pouco despertarás a capacidade de ver com clareza o ultra da natureza, as grandes realidades do universo e os fatos sublimes da criação. Clarividência é o nome deste sentido oculto situado na glândula Pineal.

Vocalizar o mantra E (eeeeeeee), em um estado de perfeito relaxamento e concentração, resultará no despertar do poder de síntese conceitual, e no desabrochar do ouvido mágico, o qual possuíam os grandes gênios da música como Beethoven, Mozart, Vivaldi, etc. Tal chakra mágico reside na Tireóide e Para-Tireóide.

Ao entoar a vogal O (oooooooo), ativamos os poderes sensíveis do cárdias, ou chakra do coração, que nos dá sensibilidade, inspiração e a magnifica intuição, que nos permite saber sem a necessidade de pensar, compreender sem o doloroso processo do raciocínio. Como dizia Albert Ainstein “Penso 99 vezes e não chego a resposta, paro de pensar e ela me chega”. Assim é a delicada intuição, um sentido de percepção interna, muito mais apurado que tudo aquilo que o intelecto vislumbra.

Todo o nosso sistema digestivo pode ser beneficiado de forma encantadora ao colocarmos em atividade o disco magnético do plexo solar, situado dois dedos acima do umbigo, também conhecido como chakra umbilical. U (uuuuuuu…) é o mantra que o desperta para a atividade. Aquele que ativa tal centro, adquire o dom da telepatia, e o domínio das emoções.

Através da dedicada vocalização do mantra A (aaaaaaa….) despertamos o chakra pulmonar, através do qual se pode rememorar as vidas passadas, e melhorar as condições deste orgão vital de nosso organismo.

Imitando ao mugido de um boi, vocalize-se diversas vezes o mantra M (mmmmmm….) para tirar da letargia ao chakra prostático/uterino. Além de uma exelente saúde em todo o sitema reprodutor, tal disco nos lega a capacidade de desdobrar em astral consciente.

Há ainda em nosso cóccix um chakra oculto que nos permite o domínio do corpo físico, o qual se ativa com o mantra S (ssssss…), cuja pronúncia imita ao sibilo da serpente.

Saiba mais sobre esse tema

Raila Maciel

2 respostas para "Palavra de Poder"

  1. Maria Enviado em 10/31/2017 às 17:23

    Que bom. Gostaria de saber se existe um mantra para afastar pessoas negativas?
    Fico no aguardo.

  2. Natanael Soares Enviado em 11/06/2017 às 12:15

    Maria,

    existe uma série de trabalhos de proteção que a pessoa pode realizar. Uma forma muito interessante de afastar pessoas assim é mudando nossa frequência vibratória. A prática de todos os mantras ajudam nesse trabalho, com a prática constante você se colocará numa frequência vibratória superior, isso em si já é de grande auxílio.
    Procure uma sede mais próxima de você e faça o curso de Gnosis para entender melhor essas práticas.
    Um Abraço.

Deixe uma resposta

*