Artigos

Qual a origem da festa Junina?

Festa Junina Origem

A origem dessa festa remonta às antigas civilizações, em que a cultura girava em torno dos movimentos solares, daí surgiu o epiteto “cultura solar”. Aspectos sociais, filosóficos, religiosos e científicoseram profundamente influenciados pelo modo como se comportavam os astros, principalmente o Sol. Nesse contexto, as quatro estações exerciam mudanças não só na natureza, mas também na sociedade ena mente das pessoas. 

 

As estações

Primavera, verão, outono e inverno são o círculo completo em torno da natureza manifestada e embasam todas as alegorias religiosas e filosóficas. É importante ter uma noção preliminar do significado interno e externo desses processos.

 

Primavera: o sol nasce, ou renasce, depois do inverno. A vida emerge novamente, com abundância. A energia vital e solar cobre toda a criação.

Verão: chega o apogeu do Sol, ele então resplandece com toda sua força. Internamente está preparado para uma viagem simbólica e, como um herói, sai à batalha.

Outono: luz e escuridão estão equilibradas, o guerreiro se sente cansado e para. A precaução agora é com o inverno que se aproxima.

Inverno: o sol agora está no máximo de distância de sua casa e necessita voltar; seu retorno será glorioso.

O ciclo se renova todos os anos e a simbologia se repete.

 

Equinócios e Solstícios

Durante o movimento de translação em torno do sol, a Terra tem diferentes taxas de incidência de luz solar em relação aos dois polos. Solstício é quando a luz solar incide mais sobre um dos polos, equinócio é quando existe equivalência na intensidade da luz nos dois polos. 

 

Celebrações religiosas

Do oriente ao ocidente, muitas religiões antigas se baseavam nesse movimento solar para suas principais celebrações.

Há no sol uma representação genuína do criador e por isso lhe rendiam culto.

No Egito, por exemplo, o nome do Deus sol era Rá e muitas divindades menores eram a ele atribuídas.

Os gregos o chamavam de Apolo, que também era Deus da beleza e da geração.

Os Romanos o chamavam de“Sol Invictus” ou Sol Invicto, e para os Celtas era Belennus.

Até mesmo os Astecas cultuavam um Deus Sol. Na idade antiga, cada povo celebrava esses períodos de solstícios e equinócios de acordo com os seus costumes.

Talvez os que mais tenham influenciado os costumes da cultura moderna e contemporânea foram os Celtas.

 

Os Celtas

os celtas e a festa juninaOs celtas eram povos (ou tribos) que viviam na região na Europa Central desde 2.000 a.C.

Com a expansão do antigo Império Romano pelo então imperador Júlio Cesar, acabaram sucumbindo à poderosa Roma.

Mas essa conquista não apagou totalmente os seus costumes e muitos deles foram absorvidos e retransmitidos.

Quando surgiu a Religião oficial do Império, o Cristianismo, a religião celta sofreu uma cristianização.

Muitas celebrações anteriormente pagãs foram inseridas no calendário católico cristão e serviram de inspiração para as comemorações atuais, por exemplo: Natal, Páscoa, Festa Junina e outros aspectos populares como mês das noivas (maio) e Halloween (outubro).

 

Simbolismo da Festa Junina

Motivo da comemoração: no dia 21 Junho acontece o solstício de verão e os Celtas comemoravam essa data com festival de “Litha”.

Nesse período o sol alcança seu apogeu, o dia é o mais longo do ano, simbolizando a força solar e também a fecundidade.

Como os celtas eram profundamente conectados com natureza, nesse período também pediam pela prosperidade na agricultura. No calendário cristão a data pFesta Junina Simbolismoassou para o dia 24 de Junho e comemora o nascimento de João Batista.

Origem do nome: o nome “festa Junina” vem de “festa de São João” ou “Joanina”, que era o modo como os cristãos diziam na época.

Fogueira: para comemorar o momento de maior força do astro rei, os antigos acendiam grandes fogueiras. Essa tradição mantém-se nos dias de hoje e alegoriza o sol em seu auge, também representa a vida, a fecundidade e a força.

Mastro e bandeirinhas: o mastro representa a terra sendo fecundada pela divindade, nele são dependuradas fitas coloridas que representam todas as virtudes Divinas.

Essa alegoria é muito profunda, pois simboliza a estreita relação entre a força sexual e as virtudes espirituais.

No cristianismo passaram a ser penduradas três fitas, simbolizando os três santos do dia: São João, São Pedro e Santo Antônio.

 

2 respostas para "Qual a origem da festa Junina?"

  1. Benur Wanderley Miranda da Silva Enviado em 06/22/2018 às 21:10

    Só uma pergunta, sub censura, em relação ao significado simbólico da Festa Junina, trazido no texto: “A Festa Junina simboliza a comemoração do ‘Solstício de Verão’, mas para o Pólo Norte certo? Pois no Pólo Norte foi nde residiu a civilização Celta. Já quanto ao Solstício de Verão, este vem no Pólo Sul depois do dia 21 de dezembro, quando no Brasil, inicia a estação do Verão. Há que se considerar que em junho se inicia a estação do Inverno no Pólo Sul, onde está o Brasil, e se inicia a estação do Verão no Pólo Norte, onde ficava a civilização Celta, de onde, segundo o texto sobreveio a Festa Junina.

  2. Ludmila Pohl Enviado em 06/27/2018 às 22:35

    Você quer dizer “hemisfério norte” e “hemisfério sul” né? rs

Deixe uma resposta

*