Signos – O que eles dizem sobre você

Palestras Públicas em todo o Brasil – 21 de Março a 21 de Abril de 2017

  • ​​​Princípios da Astrologia Hermética
  • O Microcosmo Homem
  • O Simbolismo dos Signos
  • A influência zodiacal no comportamento humano

Busque a sede gnóstica mais próxima de você clicando aqui e verifique a data.

O que é a Astrologia Hermética?

A Astrologia (do grego astron, “astros” e logos, “palavra”, “estudo”) é um estudo sobre como as posições relativas dos corpos celestes podem influenciar a personalidade e as relações humanas. A palavra hermética refere-se ao que é oculto, esotérico, escondido. Já a Astrologia convencional se restringe apenas a prognosticar acontecimentos e tipos psicológicos de acordo com as posições dos planetas em determinado momento. Portanto, a Astrologia Hermética vai mais a fundo, pois entende que as Forças Siderais não são “cegas”, mas sim, que além que as influências físicas e magnéticas dos astros, estão as forças que emanam de sua parte Espiritual, pois os planetas, luas e estrelas são somente o corpo físico de um Logos ou Gênio Sideral. As bases dessa ciência são a Kabala, o conhecimento esotérico dos Astros e a Magia prática. Em síntese, a Astrologia Hermética ou Esotérica é o estudo da influência dos astros aplicada ao autoconhecimento, já que esta ciência deve ser estudada em nossa vida prática, aprendendo assim a utilizá-las a nosso favor.

Qual a origem da Astrologia?

Os registros mais antigos sugerem que a Astrologia surgiu por volta de 3.000 a. C., sendo encontradas referências entre os Caldeus, Egípcios, Chineses, Vedas, Maias, entre muitos outros povos antigos. Para todos esses povos, o espaço estrelado e o homem eram apenas perspectivas de um mesmo Cosmos. O destino e função social dos cidadãos tibetanos eram decididos em seu nascimento. Os chineses profetizavam com exatidão as futuras enfermidades dos recém-nascidos. No cenário egípcio-caldeu, ninguém sequer poderia conceber a ideia de um ser separado dos astros.
A astronomia (“lei das estrelas”) é o estudo dos fenômenos meramente físicos dos Astros. Surgiu da Astrologia e foram divergindo, até que no século XVIII esta foi apartada dos estudos universitários. Antes disso, as duas foram uma mesma ciência que unia o físico e o oculto, o material e o espiritual.

O que é o Zodíaco?

Do grego zodiákos (“roda de animais”), retrata simbolicamente as características psicológicas, biológicas e fisiológicas, que dão os matizes singulares no comportamento humano, os quais se relacionam à constelação que figurava no céu no momento do nascimento.

  1. Áries: Carneiro
  2. Touro: Touro
  3. Gêmeos: Dois irmãos gêmeos
  4. Câncer: Caranguejo
  5. Leão: Leão
  6. Virgem: A Virgem (Mãe Natureza)
  7. Libra: Balança
  8. Escorpião: Escorpião
  9. Sagitário: Centauro
  10. Capricórnio: Cabra do Mar
  11. Aquário: O Aguador
  12. Peixes: Dois peixes