fbpx

Artigos

O País Psicológico

pais.psicologico.gnosis.brasil

O País Psicológico

Inquestionavelmente, assim como existe o país exterior no qual vivemos, também, em nossa intimidade, existe o País Psicológico.

As pessoas não ignoram jamais a cidade ou a comarca onde vivem; desafortunadamente, sucede que desconhecem o lugar psicológico onde se encontram localizadas.

Em dado instante, qualquer um sabe em que bairro ou colônia se encontra; mas, no terreno psicológico não sucede o mesmo; normalmente as pessoas nem remotamente suspeitam, em dado momento, o lugar de seu País Psicológico onde se meteram.

Assim como no mundo físico existem colônias de pessoas decentes e cultas, assim também sucede na comarca psicológica de cada um de nós; não há dúvida de que existem colônias muito elegantes e formosas.

Assim como no mundo físico há colônias e bairros com becos perigosíssimos, cheios de assaltantes, assim também sucede o mesmo na comarca psicológica do nosso interior.

Tudo depende da classe de pessoas que nos acompanhe; se temos amigos bêbados, iremos parar na cantina; e se estes últimos são boêmios, indubitavelmente, nosso destino estará nos prostíbulos.

Dentro de nosso País Psicológico cada qual tem seus acompanhantes, seus eus; estes nos levarão onde nos devem levar de acordo com nossas características psicológicas.

Uma dama virtuosa e honorável, magnífica esposa, de conduta exemplar, vivendo em formosa mansão no mundo físico, devido a seus eus luxuriosos, poderia estar localizada em antros de prostituição dentro de seu País Psicológico.

Um cavalheiro honorável, de honra intocável, magnífico cidadão, poderia, dentro de sua comarca psicológica, encontrar-se localizado numa cova de ladrões, devido a seus péssimos acompanhantes, eus do roubo, muito submergidos dentro do inconsciente.

Um anacoreta e penitente, possivelmente um monge azul, vivendo austero dentro de sua cela, em algum monastério, poderia, psicologicamente, encontrar-se localizado em uma colônia de assassinos, pistoleiros, assaltantes, drogados, devido, precisamente, a eus infra-conscientes ou inconscientes, submersos, profundamente, dentro das cavidades mais difíceis da sua psique.

Por alguma razão nos disseram que há muita virtude nos malvados e que há muita maldade nos virtuosos.

pais.psicologico.virtudes

Muitos santos canonizados, contudo, ainda vivem dentro dos antros psicológicos do roubo ou em casas de prostituição.

Isto que estamos afirmando, de forma enfática, poderia escandalizar aos falsos beatos, aos pietistas, aos ignorantes ilustrados, aos modelos de sabedoria; porém, jamais aos verdadeiros psicólogos.

Uma resposta para "O País Psicológico"

  1. cesar augusto Enviado em 04/06/2015 às 23:34

    era ISO que eu queria para mia mente obricato ok

Deixe uma resposta

*