fbpx

Antropologia

O-Mito-do-Dilúvio-Universal

O Mito do Dilúvio Universal

O Mito do Dilúvio Universal Mistérios insondáveis permeiam a evolução da humanidade no nosso planeta. Tradições escritas e orais de civilizações de diversas regiões do mundo revelam através de mitos conhecimentos sobre seres fantásticos e culturas avançadíssimas que nos precederam ao longo da vasta história do planeta Terra. Espalhados por todo o mundo, pirâmides, artefatos,…

Hermes Trismegisto, o Cristo Egípcio

Hermes Trismegisto, o Três vezes Grande Cristo dos Egípcios  Transcorridos outros 6.500 anos, desde a era Hindú de Krishna, iniciou-se a formação da terceira sub-raça que, segundo o V.M. Samael Aun Weor, foi constituída pelos antigos povos da Caldeia, Babilônia e Egito, o país dos faraós, onde floresceu uma poderosa civilização cujas origens são remetidas…

Krishna, o Cristo Hindú

Krishna, o Cristo Hindú Quando a semente da atual raça Ária foi depositada na meseta central do Tibet, começou a idade de ouro e os deuses que tomaram corpo físico naquela época começaram a desenvolver a religião única e universal, a Doutrina Crística através de linguagem e simbolismos adaptados a essa época e lugar. A…

Grandes Mestres e Guias da Humanidade

Os Grandes Mestres e Guias da Humanidade Narram as velhas tradições esotéricas, que desde o princípio da famosa queda Edênica ou descenso dos Mundos Superiores, o ser humano sempre tem buscado respostas para as múltiplas incógnitas sobre sua origem e a finalidade de sua vida. Outrora, quando o ser humano se encontrava naquelas regiões inefáveis…

a-ambição-de-midas-gnosis-brasil.01

A Ambição de Midas

A Ambição de Midas Midas foi um antigo rei da Frígia, país cuja divindade principal era Baco (Dionísio), deus do vinho e da fertilidade.   Após Midas oferecer hospitalidade a Sileno, pobre mestre e pai de criação de Baco, por dez dias e entregá-lo ao deus no décimo primeiro, Baco lhe ofereceu um desejo a…

O Navio Alquímico da Catedral Gótica

O Navio Alquímico da Catedral Gótica – Parte I

O Navio Alquímico da Catedral Gótica – Parte I No plano das catedrais góticas, o vasto espaço existente entre o portão principal e o coro chama-se “Nef” (Nave). Esta palavra, “Nef”, foi utilizada na Idade Média para designar um grande veleiro. Isso nos indica que os santuários góticos são  comparados, por seus construtores, a navios…

Os-Manuscritos-do-Mar-Morto.gnosis.brasil

Os Manuscritos do Mar Morto

Os Manuscritos do Mar Morto Na década de 1970, Samael Aun Weor, fundador das instituições gnósticas contemporâneas, foi entrevistado pela Radio Universidad no México, e comentou um pouco sobre os Manuscritos do Mar Morto encontrados em Qumram, Israel , em 1947: Entrevistador: Dr. Samael Aun Weor, em 1947, em umas cavernas do Mar Morto foram…

O-Cristo-em-Substância-gnosis.brasil-01

O Cristo em Substância

O Cristo em Substância Samael Aun Weor   Cristo não é um indivíduo humano nem divino. Cristo é uma Substância Cósmica latente em cada átomo do infinito. A substância Cristo é a substância da Verdade. Cristo é a Verdade e a Vida. Quando um homem se assimila à substância Cristo no físico, no psíquico e…

o-apocalipse-nordico.gnosis.brasil

O Apocalipse Nórdico

O Apocalipse Nórdico Podemos considerar o Edda alemão como a Bíblia germânica. Neste livro arcaico se acha contida a sabedoria oculta dos nórdicos. Os relatos do Edda sobre o Gênesis do mundo são como se segue: “No princípio existiam duas únicas regiões: a do fogo e da luz, onde reinava o ser absoluto e eterno…

evangelhos-apocrifos-o-hino-da-perola

Evangelhos Apócrifos-O Hino da Pérola

Evangelhos Apócrifos – O Hino da Pérola   O Hino da Pérola (também chamado de Hino da Alma, Hino da Veste de Glória ou Hino de Judas Tomé Apóstolo) é uma passagem do apócrifo Atos de Tomé. Nesta obra, originalmente escrita em siríaco, o Apóstolo Tomé canta o hino enquanto reza para si e para…