fbpx

Artigos

Estado de Jinas

Hyperspace-SWPuzzle

O hiperespaço pode ser demonstrado matematicamente pela hipergeometria. A ciência JINAS pertence ao hiperespaço e à hipergeometria.

Se conhecemos o volume, temos que aceitar também o hipervolume como base fundamental do volume. Se aceitarmos a esfera geométrica, devemos aceitar também à hiperesfera.

O hiperespaço permite aos gnósticos realizar atos extraordinários. Jesus pôde tirar seu corpo do sepulcro aos três dias, graças ao Hiperespaço. Desde então, o mestre ressuscitado vive com seu corpo dentro do hiperespaço.

Todo Iniciado que recebe o Elixir da Longa Vida morre, porém não morre. Ao terceiro dia escapa do sepulcro, utilizando o hiperespaço. Então, o sepulcro fica vazio.

O desaparecimento ou aparição de um corpo no espaço objetivo tridimensional, ou a passagem de uma pessoa através de um muro, realizam-se com pleno êxito quando se utiliza cientificamente o hiperespaço.

Os cientistas gnósticos colocam seu corpo físico em “ESTADO DE JINAS” e movem-se conscientemente no hiperespaço.

Quando o corpo do yogue entra no hiperespaço, dizemos que ele se encontra em estado de JINAS.

O yogue no estado de Jinas pode passar por entre o fogo sem queimar-se, pode caminhar por sobre as águas como fez Jesus, pode flutuar nos ares… Pode também atravessar uma rocha ou um muro de lado a lado sem receber nenhum dano.

A ciência Jinas fundamenta-se no hiperespaço e é um ramo especial da física atômica.

As pessoas ignorantes e que jamais na vida estudaram hipergeometria negam os estados de Jinas.

Essas pessoas são dignas de piedade, porque são ignorantes.

A geometria antiga fundamenta-se na hipótese absurda de que por um ponto num plano, pode-se com segurança completa traçar uma paralela ou uma reta, mas somente uma, falando no sentido essencial.

O Movimento Gnóstico rechaça o ponto de vista euclidiano das três dimensões conhecidas, por estar já totalmente antiquado para a era atômica.

A chamada “paralela única” (supondo o sentido espacial absoluto) multiplica-se dentro das distintas dimensões do hiperespaço. Então já não é única.

A paralela única de Euclides é um sofisma para enganar gente ignorante. A Gnose rechaça esse tipo de sofisma.

O Movimento Gnóstico não pode aceitar o postulado indemonstrável que diz: “Por um ponto qualquer da nossa mente, pode-se traçar uma paralela real à realidade visível, e somente uma”.

A paralela única não existe. O espaço tridimensional absoluto e dogmático do geômetra Euclides é indemonstrável e falso.

A afirmação absurda de que o mundo físico de experimentação é o único real, é um raciocínio muito comum dos ignorantes ilustrados, que jamais investigaram os campos eletromagnéticos e a chamada Promatéria como causa causans da matéria física.

A quarta dimensão é hiperespacial. Os gnósticos têm sistemas especiais para colocar seu corpo físico dentro do Hiperespaço.

Não importa que os ignorantes riam dos estados de Jinas. Quem ri do que desconhece está em vias de ser idiota. Realmente, só o idiota ri, e ri do que não conhece.

Nós, os gnósticos, afirmamos que o espaço infinito interplanetário é curvo. Afirmamos que o infinito vive em incessante movimento. Afirmamos que existe uma série infinita de espaços giratórios de diferentes dimensões que se penetram e compenetram mutuamente sem se fundir. Afirmamos que todos esses espaços do infinito estrelado têm forma hiperelipsoidal. Afirmamos que com a força da mente o homem pode colocar seu corpo físico dentro de qualquer espaço giratório hiperelipsoidal.

Afirmamos categoricamente que a Astrofísica revolucionária demonstrará ao mundo a existência do hiperespaço. Afirmamos que dentro de uma linha existem outras linhas hiperespaciais.

Afirmamos que o Salvador do Mundo vive atualmente no hiperespaço, com o mesmo corpo que teve na terra santa. Afirmamos que todo Iniciado que recebe o Elixir da Longa Vida morre, mas não morre. Afirmamos que todos aqueles que recebem o Elixir da Longa Vida escapam com seu corpo físico ao terceiro dia, aproveitando a oportunidade que lhes oferece o hiperespaço. Eles conservam seu corpo físico durante milhões de anos. O imortal Babaji e sua irmã Mataji conservam seu corpo há milhões de anos e cumprirão uma grande missão com a humanidade das futuras sexta e sétima grandes raças.

Afirmamos positivamente que todo aquele que trabalhar com o Arcano AZF pode pedir o Elixir da longa vida. Esses morrem, mas não morrem. Afirmamos que todo ser humano pode pôr seu corpo físico em estado de Jinas no instante em que quiser, se verdadeiramente tiver fé na Divina Mãe.

Todo sábio da Arte elemental pode dar o grande salto. Os Mestres da ciência Jinas podem evadir-se da Terra para viver em outros planetas com o corpo físico que têm aqui. Eles podem levar esse corpo de carne e osso para outro planeta. Esse é o grande salto. Alguns homens da ciência Jinas já deram o grande salto.

Com o Pranayama consegue-se o poder que permite colocar o corpo físico em estado de Jinas.

Existem muitas chaves para pôr o corpo físico em estado de Jinas. É indispensável praticar o Pranayama, antes de usar essas chaves.

É interessante que as testemunhas Ida e Pingala tenham, em última síntese, suas raízes nos testículos direito e esquerdo do homem e nos ovários da mulher. Por esse par de canais nervosos sobem os átomos solares e lunares do sistema seminal, até o cálice (o cérebro). As duas fossas nasais e os órgãos sexuais acham-se ligados por meio das duas testemunhas. Isto nos convida a refletir. Realmente, o Pranayama é, entre outras coisas, um sistema de transmutação sexual para solteiros.

Todo Gnóstico deve começar suas práticas Jinas depois de ter-se preparado intensamente com o Pranayama. Os grandes mestres da Yoga flutuam no ar quando estão praticando Pranayama. Só pode flutuar no ar o corpo que se liberta da gravidade. Só pode escapar desse lei o corpo que penetra no hiperespaço.

Com a força mental conscientemente manejada podemos pôr o corpo físico dentro do hiperespaço.

A ciência Jinas é questão de vibração. Por cima e por baixo dos limites de percepção objetiva existem mundos colocados em outras dimensões. Com a força do pensamento podemos, mediante certas chaves da ciência Jinas que em seguida daremos, acelerar a freqüência oscilatória e a vibração normal do corpo físico. Então, penetramos com o corpo dentro do hiperespaço.

Quando os cientistas conseguirem o controle absoluto do movimento atômico, poderão pôr qualquer corpo dentro do hiperespaço. Os devotos da religião Jinas, antes das suas práticas com o Pranayama, devem orar à Divina Mãe suplicando-lhe que lhes dê o poder de pôr o corpo físico em estado de Jinas. Deve-se praticar muitíssimo Pranayama para conquistar os poderes de Jinas. O estudante deve escolher cuidadosamente a chave que mais lhe agradar para a prática da ciência Jinas. É necessário que o estudante compreenda que a religião Jinas exige castidade absoluta e suprema santidade.

Recorde, bem amado discípulo, que os poderes divinos da ciência Jinas são muito sagrados. Esses poderes só podem ser utilizados para curar enfermos à distância, para entrar nos Templos da Loja Branca, para estudar as maravilhas da criação no seio da Natureza.

Todo aquele que intentar fazer uso egoísta dos poderes Jinas, converter-se-á em um horrível Demônio, e rodará inevitavelmente ao abismo.

Lei é lei. O Karma castiga os abusadores.

O devoto deve escolher a chave Jinas que mais lhe agradar, deve praticar com ela diariamente, intensamente, até obter a vitória.

Esta ciência não é para os fracos nem para as pessoas versáteis, volúveis, inconstantes. Esta ciência é para gente que tenha tanta paciência como a do santo Jó. Esta ciência é para gente tenaz, incansável, valorosa, firme como aço.

Esta ciência não é para pessoas céticas; essas pessoas não servem para a ciência Jinas.

Essa ciência não se pode exibir nunca; a Loja Branca o proíbe. A ciência dos Jinas não é questão de prestidigitação, ilusionismo, ou coisa que o valha. Esta ciência é terrivelmente divina e só se pratica em segredo. Quando o autor deste livro quis fazer demonstração pública da ciência Jinas, interveio instantaneamente o Mestre Moria, dizendo: “Faz dez anos que estamos te ajudando e agora queres exibir teus poderes? Os poderes são muito sagrados. Os poderes não devem ser exibidos em público”. Desde então, compreendemos que a ciência Jinas é secreta.

Muitos quiseram demonstrações. Nós, os irmãos do Templo, não somos cobaias de laboratório.

Real é aquilo que uma pessoa experimenta por si própria. Ninguém pode experimentar na pele alheia.

Nós damos as chaves para que cada qual experimente na sua própria pele. Às pessoas que estão cheias de dúvidas, aos céticos, aconselhamos que não se metam nestes estudos, pois podem ficar loucos. O batalhar de tremendas antíteses pode alterar o cérebro dos céticos e levá-los ao manicômio. A ciência Jinas é para as pessoas que tenham uma fé inquebrantável como o aço. Isto não é para pessoas cheias de dúvidas.

O Livro Amarelo- Samael Aun Weor

Deixe uma resposta