fbpx

Artigos

É possível ter um matrimônio feliz? Como conservar a lua de mel

É possível ter um matrimônio feliz? Como conservar a lua de mel.

O Venerável Mestre Samael Aun Weor discorre sobre este tema no livro intitulado O Matrimônio e o Amor. Veremos neste artigo algumas passagens importantes. Será que é possível para um casal conservar a lua de mel? Quais são os segredos para se ter um matrimônio feliz?

O Amor em si mesmo é uma força cósmica, uma força universal, que palpita em cada átomo e em cada Sol”. VM Samael Aun Weor

Nem muito perto e nem muito longe, entre o homem e a mulher deve haver um espaço como que para o amor passar pelo meio deles. Amar é algo inefável, divino; é um fenômeno cósmico extraordinário. Precisamos aprender a amar, somente as grandes almas sabem amar verdadeiramente.

Duas partes de um mesmo ser

Dessa maneira, homem e mulher são como duas partes de um mesmo ser; eles se complementam.

Portanto, o homem deve ser uma essência inicial de força de criação e a mulher, o poder receptivo formador de qualquer criação. O Homem é como o furação. A mulher é como o vento silencioso das pombas nos templos e nas torres. O homem em si mesmo tem a capacidade para lutar. A Mulher em si mesma tem a capacidade para se sacrificar.

Assim que ambos, homem e mulher, são as duas colunas do templo.

Essas duas forças se conciliam no Matrimônio.

Podemos verificar que sem grandes mulheres não haveria grandes homens, tudo o que eles realizaram só foi possível pelo Matrimônio Perfeito. Certamente, não seria possível aos grandes homens realizar gigantescos trabalhos, como aqueles que permitiram mudar o curso da história, se não estivessem acompanhados por sua vez de uma grande mulher.

No sexo está a chave dos grandes mistérios.

Sabemos que o ato sexual é um sacramento, a mulher é um ser sagrado. Por isso, o Matrimônio sempre foi respeitado em todas as culturas ao longo da história da humanidade. O sexo sempre foi aludido pelas sábias civilizações antigas com profunda veneração, pois via-se ali a chave dos grandes mistérios que leva ao triunfo.

Dessa forma, a transmutação da energia sexual produz uma transformação psicológica, fisiológica e biológica radical. Porém, o principal é saber amar.

Devemos nos perguntar: sabemos amar? Como é que em verdade se ama? Como o Amor se expressa?

O amor verdadeiro provém do desconhecido de nosso Ser.

“Quero declarar de forma enfática que dentro de nós mesmos, lá nas profundezas mais íntimas, possuímos nosso Ser. Ele ser reveste de características transcendentais de eternidade. Este é o divinal em nós. O AMOR é a força que emana precisamente desse protótipo divino existente no fundo de nossa consciência”, explica o VM Samael Aun Weor.

É possível conservar a lua de mel?

De acordo com os ensinamentos samaelianos, a melhor forma de conservar a lua de mel é morrendo psicologicamente. Quando o casal está fazendo um trabalho sério para eliminar os defeitos psicológicos, quer dizer, o ego, a felicidade vai se expressando entre eles com mais e mais intensidade.

Para isso, é importante compreender o lar como o melhor ginásio psicológico, pois é nele que podemos descobrir nossos defeitos, nos autoconhecer. Descobrindo o defeito temos a chance de trabalhar sobre nós mesmos para desintegrá-lo e, um dia, poderemos assim chegar ao despertar da Consciência.

Eliminando os defeitos psicológicos se conserva a lua de mel, tem que haver uma parceria, uma extrema compreensão e tolerância com os defeitos do outro.

“É possível conservar a lua de mel quando se aprende a absolver os erros do ser amado. Porém, se não se pode absolver os erros, a lua de mel se perde.”  VM Samael Aun Weor.

A felicidade no matrimônio é possível?

Sim, de acordo com o VM Samael Aun Weor: somente com a morte de Judas, o eu, o mim mesmo, o ego.

“O maithuna é a chave para a felicidade”.

VM Samael Aun Weor.

Deixe uma resposta

*