Artigos

A depressão e o sacrifício da dor

A depressão e o sacrifício da dor

A Balança da vida
Vamos usar neste texto uma analogia com a balança, como esta na figura abaixo. Em um prato desta balança temos a dor, do outro lado temos a reflexão. A dor é como uma moeda de troca, uma energia, que dependendo da maneira como a pessoa emprega este dinheiro pode lhe dar a paz ou gerar grande sofrimento, tudo isto através do uso da reflexão, vamos tentar estudar isto de melhor forma.

A-depressão-e-o-sacrifício-da-dor
A Balança da vida
A dor não é uma opção, ela acontece por uma lei deste mundo físico. No mundo físico a pessoa come algo que não lhe cai bem e tem dor de barriga, dor de cabeça. Pelo simples fato de termos um corpo físico, sentiremos a dor, isto é inevitável. Já o rechaço da dor ou nossa má relação com ela, nos levará ao sofrimento, por falta de entendimento, compreensão ou como chamamos antes, falta de reflexão.
Hoje vivemos momentos que por não saber lidar com a dor, buscamos fugir dela, acreditar que ela veio apenas para nos oprimir e começamos a manter ela nas profundezas de nosso subconsciente nos tornando escravos de nossas próprias vontades e medos.

A-depressão-e-o-sacrifício-da-dor-tristeza-artigo-gnosis
Os 3 Fatores de Revolução da consciência e as formas de Sacrifício

A Gnosis ensina que para o ser humano alcançar sua liberdade espiritual, ele deveria buscar em síntese, viver os três fatores de revolução da consciência: Morte Psicológica, Nascimento Espiritual e o Sacrifício pela humanidade.
Morte Psicológica: Eliminar os defeitos psicológicos que aprisionam nossa essência. Ira, cobiça, inveja, ciúme, preguiça e tantos outros que fazem o homem não ser dono de sua vontade.
Nascimento Espiritual: Criar uma estrutura solar em nossos corpos físicos e internos que possibilitem a expressão de nossa essência.
Sacrifício Pela Humanidade (o foco deste artigo) : Existem muitas maneiras de se sacrificar, como dando comida ao que não tem o que comer, dando roupa para o que passa frio, entregando uma palavra de luz para alguém que se encontre em trevas, fazendo uma simples oração para que alguém se cure, e também sacrificando A DOR. Esta moeda de troca, que é inerente do ser humano e que nos é dada como presente em nossa vida. Se soubermos sacrificar as dores que passamos, usando da reflexão, elevamos nosso nível de ser e encontramos a paz. Já a má relação do homem consigo mesmo e também com a dor, que é inerente a sua existência, pode leva-lo ao sofrimento ou depressão.
Por exemplo, uma pessoa que perde algum familiar querido, tem a opção de rechaçar a dor, blasfemar contra Deus e a vida. Esta pessoa pode também entrar em profunda reflexão, após a dor moral que cria a perda uma pessoa amada. Neste momento se a pessoa (da maneira que possa) olha pra dentro e entrega esta dor como um sacrifício, sem julgar ou blasfemar, ela certamente terá condições mais breves de, após o luto, encontrar a compreensão e até mesmo uma grande paz em seu coração.

Reflexões sobre a depressão

Grande parte do problema da depressão se encontra em uma época de realidade formada, criada pelas mídias e pela necessidade deexpor uma felicidade que na vida prática não é verdadeira e substancial. Nossa vida é simples, Deus em si é simples e se expressa na simplicidade da vida. O caminho Gnóstico do autoconhecimento ensina o homem como conhecer-se, como explorar seu mundo interior e como se relacionar com ele. Se encontrarmos a Deus na simplicidade da vida, da maneira exata como estamos vivendo este momento, sem fantasias de nenhum tipo, nos tornamos conscientes da mudança que temos que realizar pra poder aproveitar isto que nos é dado no presente, o “aqui e agora”.

A-depressão-e-o-sacrifício-da-dor-Flor_gnosis

A simplicidade da vida no campo

A depressão é por síntese, segundo o conhecimento gnóstico, o afastamento do homem e Deus, da natureza em sua volta e da simplicidade do momento. Isto impossibilita o ser humano interpretar seus processos, suas dores e passamos a rechaçar a dor, achar que isto não faz parte de nós, quando nos colocamos a comparar nossa vida, com a felicidade que é criada fora de nós, também conhecido como maya ou ilusão. A felicidade só pode ser encontrada dentro do próprio homem quando ele passa a se conhecer e a lidar com os eventos bons e controversos da existência como um bom observador.

Os problemas da humanidade

A humanidade com o tempo começa a sofrer cada vez mais com problemas de ansiedade e depressão pelo fato que o homem também desaprendeu como renunciar a dor, sacrificar a dor e oferece-la como “moeda de troca” para nossa própria paz e liberdade. O ego tem nos mantido presos dentro de nós mesmos e quando ele começa a morrer por um processo de autoconhecimento, a dor acontece, e o sacrifício dela em benefício de nossa própria elevação espiritual faz com que a paz surja mais além das penas morais.
A balança é o próprio homem, onde o que ele tem de mais precioso para encontrar a paz em seu caminho é a reflexão. O homem teme o desconhecido, e o por isto sofre, pelo medo de um futuro que desconhece, pela mágoa de não concretizar suas esperanças e realidades criadas em sua imaginação.
A vida é simples, Deus é simples, e nós somos convidados dia após dia a viver a incrível magia do presente, sem acreditar que tudo serão flores, mas sabendo sim, que de todo sacrifício da dor, brotará uma bela rosa em nosso dolorido coração, porque mais além da dor se encontra a paz.

10 respostas para "A depressão e o sacrifício da dor"

  1. Babiju Enviado em 01/21/2016 às 22:54

    que linda materia!!!! foi de grande ajuda obrigada

  2. Erick Xavier Enviado em 01/22/2016 às 01:33

    Belo Texto.

  3. leandro inacio Enviado em 02/20/2016 às 21:51

    boa noite obrigado

  4. Raquel Enviado em 03/28/2016 às 10:53

    Muito obrigada , esse texto é uma luz para nossa doloriida exisência, dor essa criada por nossas próprias mentes. Como é linda a vida em sua simplicidade! Muito Obrigada!

  5. EDILANDIO Enviado em 08/16/2016 às 08:55

    Excelente texto. Vale uma boa reflexão…

  6. Lourival Enviado em 11/26/2016 às 22:04

    É difícil. .muito difícil. .conviver com a depressão quase uma vida toda.

  7. DANIELA BORALI Enviado em 01/20/2018 às 01:24

    Meus cachorros mataram hoje um dos meus gatos.
    Senti culpa por não ter visto ele ir para o quintal…
    Dor por perde-lo desta forma!
    Procurei uma palavra e achei aqui!
    Obrigada!

  8. Ignorante Enviado em 05/08/2019 às 04:41

    Por favor, não está muito claro para mim como a pessoa realiza esse sacrifício da dor. Poderia aprofundar esse ponto?

  9. Lucas Enviado em 11/02/2019 às 11:41

    Vamos tocar fogo na babilonia. Roubar o fogo dos deuses. Vamos nos conhecer e nos amar, tanto a escuridão como a luz que reside em cada alma humana. Jah abençoa! #4:20

  10. GEISA FIALHO DRUMMOND Enviado em 04/05/2020 às 07:53

    Sim, o sacrifício de reconhecer-se uma gota d’ægua num oceano e perceber que a dor de não ter nossos desejos realizados, é sobrepujar a aceitação de nossos limites!

Deixe uma resposta

*